Compartilhe no Facebook

textos: Pão Diário. 2020-06-24

Consolo de um amigo

Leia: Jó 2:7-13
A Bíblia em um ano: Jó 1, cap. 2; Atos 7:22-43
Não disseram nada, pois viram que o sofrimento de Jó era grande demais. (v. 13)
Li sobre uma mãe que ficou surpresa ao ver a filha chegar da escola enlameada da cintura para baixo. A menina explicou que uma amiga tinha escorregado e caído em uma poça de lama.
Enquanto outra colega correu para buscar ajuda, a garota ficou com pena da amiga sozinha segurando a perna machucada e resolveu sentar-se na poça de lama com a menina até que um professor chegasse.
------------------------------------------------------------------------------------

Quando Jó experimentou a perda devastadora de seus filhos e foi afetado por dolorosas feridas em todo o corpo, o sofrimento foi monstruoso.
A Bíblia relata que três de seus amigos queriam consolá-lo. “Quando viram Jó de longe, mal o reconheceram.
Choraram alto, rasgaram seus mantos e jogaram terra ao ar, sobre a cabeça.
Depois, sentaram-se no chão com ele durante sete dias e sete noites. Não disseram nada, pois viram que o sofrimento de Jó era grande demais” (vv.12,13).
No início, os amigos de Jó demonstraram compreensão.
Perceberam que Jó precisava simplesmente de alguém para sentar-se ao lado dele e chorar.
Os três homens começam a falar nos capítulos seguintes. A ironia é que, ao falarem, deram maus conselhos a Jó (16:1-4).
Com frequência, o melhor que podemos fazer para consolar um amigo é permanecer ao seu lado em seus sofrimentos.
— Lisa M. Samra
Pai celeste, ajuda-me a ser um bom amigo aos que sofrem. Obrigado por Tua promessa de estar perto de quem sofre e trazer encorajamento através de Teu Santo Espírito.

A presença de um amigo em meio ao sofrimento traz grande consolo.