Compartilhe no Facebook

textos: Pão Diário. 2020-06-14

Acalmando a crítica

Leia: Neemias 4:1-6
A Bíblia em um ano: Esdras 9, cap. 10; Atos 1
Então orei: “Ouve-nos, nosso Deus, pois estamos sendo ridicularizados…”. (v. 4)
Participo de uma equipe que realiza um evento anual.
Durante 11 meses, revemos detalhes: escolhemos data, local; fixamos o valor do ingresso; selecionamos desde vendedores de alimentos a técnicos de som.
Com a proximidade do evento, respondemos as perguntas da comunidade e damos orientações. Depois, coletamos opiniões. Algumas boas, outras difíceis de ouvir.
Recebemos elogios e reclamações. As reações negativas podem ser desanimadoras e, às vezes, nos tentam a desistir.
Neemias também recebeu críticas durante a reconstrução dos muros de Jerusalém.
Zombaram dele e de sua equipe, dizendo: “Basta uma raposa subir lá, e esse muro de pedra desaba” (v.3).
A reação dele às críticas ajudam-me a lidar com a minha situação: em vez de ele sentir-se abatido ou refutar os comentários, orou a Deus.
Em vez de rebater as críticas, buscou a Deus. Não lhes respondeu diretamente, mas pediu a Deus que ouvisse como o Seu povo estava sendo tratado e o defendesse (v.4).
Após confiar suas preocupações a Deus, eles continuaram a reconstruir o muro “com entusiasmo” (v.6).
Podemos aprender com Neemias a não nos distrairmos com a crítica ao nosso trabalho.
Ao sermos criticados ou ridicularizados, em vez de reagirmos com mágoa ou raiva, peçamos a Deus que nos defenda do desânimo, de modo a continuarmos a trabalhar com entusiasmo.
— Kirsten Holmberg
Senhor, ajuda-me a avaliar as críticas, a confiar em ti e a continuar meu trabalho com entusiasmo.

Deus é a nossa melhor defesa contra a crítica.