Compartilhe no Facebook

textos: Pão Diário.

Eu não temerei nenhum mal

Mesmo quando eu andar pelo escuro vale da morte, não terei medo, pois tu estás ao meu lado… (v. 4)
setembro 10 | A Bíblia em um ano: PROVÉRBIOS 8, Pv. 9; 2 CORÍNTIOS 3
LEIA Salmo 23.
Em 1957, Melba Pattillo Beals foi escolhida para ser uma das nove afro-americanas a estudar numa escola que anteriormente era só para alunos brancos em Little Rock, Arkansas, EUA.
Em seu livro de memórias lançado em 2018 nos EUA, Melba relata as injustiças e o assédio que se esforçou para enfrentar corajosamente todos os dias como estudante aos 15 anos.
Escreveu também sobre sua fé profunda em Deus.
Em seus momentos mais sombrios, quando o medo quase a dominou, Melba repetiu os versos bíblicos familiares que aprendera desde cedo com a avó.
Ao recitá-los, ela lembrava-se da presença de Deus com ela, e as Escrituras lhe davam coragem para resistir.
Melba recitou muitas vezes o Salmo 23, encontrando consolo em confessar:
“Mesmo quando eu andar pelo escuro vale da morte, não terei medo” (v.4).
O encorajamento de sua avó ressoava também em seus ouvidos, assegurando-lhe que Deus “está tão perto quanto a sua pele, e você só precisa pedir por Sua ajuda”.
Embora nossas situações particulares possam variar, todos nós provavelmente enfrentaremos lutas difíceis e circunstâncias avassaladoras que poderiam facilmente nos fazer ceder ao medo.
Nesses momentos, que o seu coração encontre encorajamento na verdade de que a poderosa presença de Deus está sempre conosco.

Por Lisa M. Samra