Compartilhe no Facebook

2020-06-02

Anos de “mastigação”

Leia: 1 Pedro 2:1-11
A Bíblia em um ano: 2 Crônicas 17, cap. 18; João 13:1-20
Felizes os que têm fome e sede de justiça, pois serão saciados. (Mateus 5:6)
Recentemente, minha esposa me deu um filhote de labrador retriever que recebeu o nome de Max.
Certo dia, Max estava comigo no escritório, e, eu, concentrado em minha escrivaninha, ouvi o som de papel rasgando.
Virei-me e encontrei um filhote com olhar culpado, um livro aberto e com uma página pendurada em sua boca.
O veterinário diz que Max está em sua “fase de mastigação”. Conforme os filhotes perdem os dentes de leite e os permanentes crescem, eles acalmam as gengivas mastigando quase tudo.
Temos que vigiar Max para garantir que não roa algo que possa lhe fazer mal e, por isso, o conduzimos a alternativas mais saudáveis.
A necessidade de mastigar de Max e a minha responsabilidade de vigiá-lo me fizeram pensar sobre o que “ruminamos” em nossa mente e coração.
-------------------------------------------------------------------------------------
Consideramos cuidadosamente com o que alimentamos a nossa alma eterna quando lemos, surfamos na web ou assistimos T
A Bíblia nos encoraja: “Como bebês recém-nascidos, desejem intensamente o puro leite espiritual, para que, por meio dele, cresçam e experimentem plenamente a salvação, agora que provaram da bondade do Senhor” (1 Pedro 2:2,3).

Precisamos nos preencher diariamente com a Palavra de Deus e a verdade se quisermos crescer como cristãos. Somente assim podemos amadurecer nele.
— James Banks

Amado Senhor, ajuda-me a ter fome de ti e de Tua Palavra, e me manter longe do que me prejudica. Enche-me de Tua bondade hoje.

Quando Cristo voltar, nos encontrará desejando o quê?

textos: Pão Diário.