Compartilhe no Facebook

Em 2 Reis 23 vemos que o rei Josias, compelido pela leitura do livro da lei e pela profecia da profetisa Hulda, iniciou uma grande reforma espiritual e religiosa em Judá.
Acabou, mais uma vez com o oculto a Baal, como outros reis piedosos fizeram, despedaçou a imagem do ídolo que estava no Templo do Senhor, acabou com as casas de prostituição cultuais e destruiu os altos de idolatria.
Por fim, Josias celebrou a páscoa e convidou todo o povo a participar da festa que celebrava a saída e libertação deles do Egito. Esta celebração é destacada nas Escrituras, como uma das cinco celebrações registradas.
Por fim, o rei Josias morreu em conflito de guerra, no qual se envolveu sem necessidade, algo que deixou o profeta Jeremias muito triste (2 Crônicas 35:25).
Seu sucessor foi Jeoacaz, que era mau e fez o que o Senhor reprova. Seu reinado durou apenas três meses, porque ele foi levado como cativo para o Egito, e Eliaquim, a quem o rei do Egito chamou de Jeoaquim, seu irmão mais velho assumiu o trono.
Jeoaquim reinou 11 anos sobre o trono de Jerusalém, e também fez o que era mau aos olhos do Senhor.
texto: https://www.jesuseabiblia.com/biblia-de-estudo-online/