Compartilhe no Facebook

Em 2 Reis 17 temos eventos marcantes na história do povo de Deus. Este capítulo é marcado pelo fim do Reino do Norte, Israel e o surgimento dos samaritanos.
Oséias foi o último rei de Israel, que acabou preso na Assíria, enquanto o povo foi levado para uma cidade chamada Hala, que ficava próxima ao rio Gozã.
Aqui vemos que Israel colhe o fruto do seu endurecimento e pecados contínuos contra Deus. Por mais que o Senhor os advertisse, o rei e o povo continuavam a desobedece-lo e ignorar seu mandamentos.
Secretamente eles estavam praticando a idolatria (v.8,9).
Quando repreendidos, mostravam atitude hostil, coração endurecido (v.14).
Eram vaidosos, estavam mais preocupados com sua aparência do que com o ser (v.15).
Esculpiram imagens de adoração para si mesmos (v.16).
Consagraram seus filhos aos ídolos (v.17).
Se envolveram com práticas do espiritismo (v.17).
Principalmente por causa disso, o Senhor Deus enviou juízo permanente sobre eles, e foram destruídos e humilhados, tal como o Senhor havia dito na lei (Deuteronômio 28).
O Surgimento dos Samaritanos Quando Israel foi invadida pela Assíria e seu povo levado cativo, o remanescente, isto é, os que sobraram, foram convidados por Ezequias, rei de Judá a se mudar para Jerusalém e habitar ali, para que juntos servissem ao Senhor (2 Crônicas 30:6-9).
Contudo, mesmo diante de tamanha desgraça, houve alguns que zombaram do convite de Ezequias, mas alguns descendentes de Aser, Manassés e Zebulom, e alguns de Efraim e Issacar, juntamente com os levitas, seguiram para Jerusalém.
Os que não aceitaram o convite foram dispersos, até que em Samaria fizeram um local de habitação, depois de muito sofrimento por peregrinar em uma terra não habitada e ser castigados pelos leões selvagens.
Por fim, os samaritanos passaram a invocar ao Deus de Israel e aos deuses das nações (v.33), por causa disso, eles passaram a ser tão odiados pelos judeus.
texto: https://www.jesuseabiblia.com/biblia-de-estudo-online/