Compartilhe no Facebook

Em 2 Reis 13 temos o relato da morte do profeta Eliseu. Ele ficou doente, e acabou não resistindo a enfermidade. Algo que deve nos fazer refletir sobre a Soberania de Deus.
Pois alguém tão destacado em milagres e poder de Deus, morrer de uma enfermidade, enquanto Elias, que pediu a morte foi arrebatado?
Deus é o Senhor, nós apenas seus servos. Suas decisões não podem sempre ser compreendidas por nós, mas devemos ter a certeza de que com certeza, é a melhor escolha.
Antes de partir, Eliseu recebeu a visita do rei de Israel, Jeoás, que chorou muito abraçado ao profeta. Eliseu lhe pediu para pegar o arco e atirar na terra. Aquele ato profético representava as vezes que Israel triunfaria sobre os sírios.
Jeoás atirou apenas três flechas, o que deixou Eliseu muito incomodado. O profeta lhe diz que deveria ter atirado 5 ou 6 vezes, porque profeticamente garantiria a destruição total dos sírios, não apenas três.
Aprendo com isso, que atos proféticos são poderosos e válidos, quando estamos sob a direção real de Deus. Em momentos como estes devemos ousar e ser abundantes, pois o poder do nosso Deus é maravilhoso.
Os Ossos de Eliseu e a Ressurreição do Soldado
Passado um tempo, após a morte e sepultamento de Eliseu, os sírios atacaram a Israel. Enquanto dois homens enterravam um cadáver, veio uma tropa na direção deles e jogaram o morto, dentro da cova de Eliseu.
Quando tocou nos ossos do profeta, o homem voltou a viver, imediatamente. Vemos com isso, que mesmo morrendo o servo de Deus, seu testemunho permanece vivo.
Não são poucos os filhos e filhas de Deus, que mesmo depois que vão se encontrar com o Senhor e permanecem dando frutos. A minha oração é que seja assim em minha vida, que mesmo depois de estar com Jesus, possa continuar servindo.
texto: https://www.jesuseabiblia.com/biblia-de-estudo-online/