Compartilhe no Facebook

O filho do rei reinará, como o SENHOR falou a respeito dos filhos de Davi (2 Crônicas 23:3).

MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE 2 CRÔNICAS (Leia 2 Crônicas 23:1-11)

No centro da escuridão moral reinante em Judá é como se existisse um farol cuja luz apontasse para Joás, o pequeno e precioso príncipe. A partir de agora todos os planos de Deus estavam sobre aquela frágil criança, o último “filho de Davi”.

Há muitas semelhanças com outro período mais tenebroso ainda, quando Herodes ocupou injustamente o trono de Jerusalém! O verdadeiro rei dos judeus nascido em Belém estava a salvo, como Joás aqui, do massacre ordenado pelo usurpador.

Durante toda a Sua vida, Jesus permaneceu escondido, primeiro em Nazaré, depois sob a “forma de servo” que escolheu assumir. E, mesmo agora, Ele está escondido dos olhos do mundo, nos céus, onde somente pela fé podemos contemplá-Lo e conhecê-Lo.

Neste capítulo temos um pobre exemplo do dia do Seu glorioso aparecimento. Como os levitas e os chefes do povo, os que O servem e O esperam no presente um dia estarão com Ele. Aparecerão juntamente com o Senhor em glória (Colossenses 3:4; 1 Tessalonicenses 3:13).

Que privilégio estar em tão abençoada companhia! Estar “com o rei quando entrar e quando sair” (v. 7). Cristãos, para que esse também seja nosso destino, precisamos manter-nos perto do Senhor pela fé durante o curto tempo em que Ele ainda está oculto nos céus.