Compartilhe no Facebook
(IIcorintios6.João Ferreira de Almeida)
(IIcorintios6.Nova Versão Internacional)
(IIcorintios6.Nova Tradução Linguagem Hoje)
(IIcorintios6.Versão Católica)
(IIcorintios6.King James)
(IIcorintios6.Testemunhas de Jeová)

NOVA VERSÃO TRANSFORMADORA
II Coríntios 6
1Como cooperadores de Deus, suplicamos a vocês que não recebam em vão a graça de Deus. 2Pois Deus diz:
“No tempo certo, eu o ouvi; no dia da salvação, eu lhe dei socorro”.
De fato, agora é o “tempo certo”. Hoje é o dia da salvação!
O ministério fiel de Paulo
3Vivemos de forma que ninguém tropece por nossa causa, nem tenha motivo para criticar nosso ministério. 4Em tudo que fazemos, mostramos que somos verdadeiros servos de Deus. Suportamos pacientemente aflições, privações e calamidades de todo tipo.
5Fomos espancados e encarcerados, enfrentamos multidões furiosas, trabalhamos até a exaustão, suportamos noites sem dormir e passamos fome. 6Mostramos quem somos por nossa pureza, nosso entendimento, nossa paciência e nossa bondade, pelo Espírito Santo que vive em nós e por nosso amor sincero.
7Proclamamos a verdade fielmente, e o poder de Deus opera em nós. Usamos as armas da justiça, com a mão direita para atacar e com a mão esquerda para defender. 8Servimos quer as pessoas nos honrem, quer nos desprezem, quer nos difamem, quer nos elogiem. Somos chamados de impostores, apesar de sermos honestos.
9Somos tratados como desconhecidos, embora sejamos bem conhecidos. Vivemos à beira da morte, mas ainda estamos vivos. Fomos espancados, mas não mortos. 10Nosso coração se entristece, mas sempre temos alegria. Somos pobres, mas enriquecemos a muitos outros. Não possuímos nada e, no entanto, temos tudo.
11Queridos coríntios, falamos a vocês com toda honestidade e lhes abrimos o coração. 12Não falta amor da nossa parte, mas vocês nos negaram seu afeto. 13Peço que retribuam esse amor como se fossem meus próprios filhos. Abram o coração para nós!
O templo do Deus vivo
14Não se ponham em jugo desigual com os descrentes. Como pode a justiça ser parceira da maldade? Como pode a luz conviver com as trevas? 15Que harmonia pode haver entre Cristo e o diabo? Como alguém que crê pode se ligar a quem não crê?
16E que união pode haver entre o templo de Deus e os ídolos? Pois somos o templo do Deus vivo. Como ele próprio disse:
“Habitarei e andarei no meio deles. Serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.
17Portanto, afastem-se e separem-se deles, diz o Senhor. Não toquem em coisas impuras, e eu os receberei.
18Eu serei seu Pai, e vocês serão meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor Todo-poderoso”.
http://bible.us/1/2co6.nvt
Textos: App da Bíblia GRATUITAMENTE!