Compartilhe no Facebook
(Levítico 4.JFerreira de Almeida)
(Levítico 4.NVI)
(Levítico 4.NTLH)
(Levítico 4.King James)
(Levítico 4.Testemunhas de Jeová)
(Levítico 4.Nova Versão transformadora)

Levítico 4 - Versão Católica com cabeçalhos
O sacrifício pelos erros dos sacerdotes
1. A oferta pelos pecados Javé falou a Moisés:
2. Diga aos filhos de Israel: Este é o caso de alguém que transgride sem querer algum dos mandamentos de Javé, fazendo uma coisa proibida:
3. Se foi o sacerdote consagrado quem cometeu a violação, comprometendo assim todo o povo, ele deverá oferecer para Javé, pela violação cometida, um bezerro, animal grande, sem defeito.
4. Levará o bezerro diante de Javé, à entrada da tenda da reunião, colocará a mão sobre a cabeça do animal e o imolará diante de Javé.
5. Depois o sacerdote consagrado pegará sangue do bezerro e o levará à tenda da reunião.
6. Molhará o dedo no sangue e fará sete aspersões na frente do véu do santuário, diante de Javé.
7. O sacerdote colocará então um pouco desse sangue sobre os cantos do altar do incenso que se queima diante de Javé na tenda da reunião, e derramará todo o sangue do bezerro na base do altar dos holocaustos, que se encontra na entrada da tenda da reunião.
8. O sacerdote tirará toda a gordura do bezerro da expiação: a gordura que cobre as entranhas, toda a gordura das entranhas,
9. os dois rins e os lombos com sua gordura, a massa gordurosa tirada do fígado e dos rins,
10. tudo conforme a parte reservada no sacrifício de comunhão. E o sacerdote queimará essas partes sobre o altar dos holocaustos.
11. O couro do bezerro e toda a sua carne, com a cabeça, patas, entranhas e excremento,
12. isto é, o bezerro todo será levado para fora do acampamento, para um lugar puro, onde se jogam as cinzas, e será queimado sobre a lenha. Deverá ser queimado no lugar em que se jogam as cinzas.
O sacrifício pelos erros do povo
13. Se foi a comunidade toda de Israel que, sem querer, violou alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, tornando-se por isso culpada, mas sem tomar consciência do fato,
14. ao se dar conta da violação cometida, a comunidade oferecerá, em sacrifício pelo pecado, um bezerro, animal grande e sem defeito. Ele será levado diante da tenda da reunião,
15. e, diante de Javé, os anciãos da comunidade colocarão as mãos sobre a cabeça do bezerro e o imolarão diante de Javé.
16. Em seguida, o sacerdote consagrado levará um pouco do sangue do bezerro para a tenda da reunião.
17. Molhará o dedo no sangue e fará sete aspersões na frente do véu, diante de Javé.
18. Ungirá com sangue os cantos do altar, que se encontra diante de Javé na tenda da reunião, e depois derramará todo o sangue na base do altar dos holocaustos, que está na entrada da tenda da reunião.
19. Depois tirará do animal toda a gordura e a queimará no altar.
20. Fará com esse bezerro como se faz com o do sacrifício pelo pecado. Assim o sacerdote fará o rito pelos membros da comunidade, e eles serão perdoados.
21. Depois mandará levar o bezerro para fora do acampamento e o queimará, como o bezerro anterior. Esse é o sacrifício pelo pecado da comunidade.
O sacrifício pelos erros de um príncipe
22. Se foi um chefe quem, sem querer, violou alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, seu Deus, tornando-se por isso culpado,
23. ao se dar conta da violação cometida, levará como oferta um bode sem defeito.
24. Colocará a mão sobre a cabeça do bode e o imolará diante de Javé, no lugar onde se imolam os holocaustos. É um sacrifício pelo pecado:
25. o sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará o sangue na base do altar dos holocaustos
26. e queimará toda a gordura sobre o altar, como se faz com a gordura do sacrifício de comunhão. O sacerdote assim fará pela violação do chefe, e este ficará perdoado.
O sacrifício pelos erros de qualquer pessoa
27. Se foi um homem do povo da terra quem pecou sem querer, praticando alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, tornando-se por isso culpado,
28. ao se dar conta da violação cometida, levará uma cabra sem defeito, como oferta pelo pecado.
29. Colocará a mão sobre a cabeça da vítima e a imolará no lugar onde se imolam os holocaustos.
30. O sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará todo o sangue na base do altar.
31. Em seguida tirará toda a gordura, como se faz pelo sacrifício de comunhão, e a queimará sobre o altar, como suave odor para Javé. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado desse homem, e este ficará perdoado.
32. Se alguém oferecer uma ovelha como sacrifício pelo pecado, ela será sem defeito.
33. Colocará a mão sobre a cabeça da vítima e a imolará, em sacrifício pelo pecado, no lugar onde se imolam os holocaustos.
34. O sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará o sangue todo na base do altar.
35. Em seguida, tirará toda a gordura, como se faz com o cordeiro de um sacrifício de comunhão, e queimará essas partes no altar, em cima das ofertas queimadas para Javé. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado desse homem, e este ficará perdoado.
Textos: Wikipédia.